O INÍCIO DO SOLSTÍCIO

"Os Solstícios são os momentos do início de novos ciclos nos calendários dos diferentes povos, civilizações e culturas que deixaram marcas no Interior de Portugal. 

O imaginário social deste território está intimamente ligado à Natureza, ao espaço temporal e aos elementos do Universo, sendo as Estações do Ano, o Sol, a Lua e a Terra e os fenómenos Astrológicos elementos de grande importância nas vivências culturais e sociais das comunidades e do indivíduo. Dos povos primitivos ao imaginário celta e romano, da cultura medieval à visão renascentista do Homem e do Mundo ou da revolução industrial aos nossos dias, os rituais, as celebrações e as manifestações sócio-culturais do calendário Solar, fazem parte da evolução e da relação humana com a Terra e com os seus recursos. 
O Solstício de Inverno marca a passagem do Outono para o Inverno. Um momento celebrado nas manifestações cristãs do Natal, nas comemorações do Ano Novo e nas tradições pagãs de diversos povos. O Solstício está associado ao nascimento ou ao renascimento, a passagem para algo novo e a transição para o futuro. 
 
A criação desta publicação pretende ser, também, a marca de um momento de início, de descoberta ou redescoberta de um território em que o Homem e os elementos da Natureza e do Universo se fundem e interagem...."
 
in Solstício 00, pág. 3, Serra da Gardunha, 2009
 
 

Sócios